"O TRABALHO DIGNIFICA O HOMEM"

http://httpwwwluizfelipelopesdiascombr.blogspot.com/

terça-feira, 20 de dezembro de 2011

domingo, 4 de dezembro de 2011

ALMANAQUE GERAL FERROVIÁRIO "Roberto Sarti convida vc a fazer uma caminhada pelos trilhos"

Álbuns de Roberto Sarti
Bom galera, segue agora o link dos 2 vídeos da caminhada do dia 26/11/2011, pelos trilhos da ferrovia da FCA, cerca de 30 km.
http://www.youtube.com/watch?v=SKYg8S95LLc

http://www.youtube.com/watch?v=kPHXZ1Y3BYo

Para se informar sobre novas datas
robertosarti_02@hotmail.com (MSN)

Roberto Sarti

domingo, 6 de novembro de 2011

ALMANAQUE GERAL FERROVIÁRIO "VÍDEO DOCUMENTÁRIO"

 ESTIMULA TODOS QUE LUTAM PELO RESGATE DA NOSSA TÃO AMADA FERROVIA BRASILEIRA.
 Este vídeo acima continha uma faixa de áudio protegida por direitos autorais. Devido a uma reivindicação feita por um detentor de direitos autorais, a faixa de áudio foi permanentemente desativada.

O Começo e o fim de um tempo de glória de uma ferrovia que foi forte em todo o Brasil. Um excelente documentário que estimula todos que lutam pelo resgate de nossa tão amada Ferrovia brasileira para fins de transporte de passageiro, ou para uso no turismo em curtas distâncias.

"FRASES TIRADAS DOS VIDEOS"

..."a RFFSA nos ultimos anos se caracterizou como uma ferrovia que opera essencialmente no transporte de cargas  uma vez que o transporte de passageiros foi progessivamente desativado por motivos de insegurança na circulações dos trens por obsoletismo nos veiculos anti economicidade elevado consumo de combustivel e baixo aproveitamento da oferta revelando desinteresse dos usuários em razão da crescente concorrencia rodoviária"...

..."as concessionárias não querem nenhum resquício do passado a politica agora é pouco salário nenhum investimento com recursos própios grandes faturamentos e sucateamento do antigo patrimonio"..

.
..."as estradas de ferro escreveram parte de nossa história e de varias gerações"...

...hoje vive-se o mundo perdido da beleza poética das ferrovias que de tanto caminharem por serras e vales
 deixou-se desgastadas e no Brasil o desgastado o inutil o ultrapassado não se presta... 


..."mas do império a republica as ferrovias serão sempre lembradas como um simbolo do transporte e do progresso do Brasil!!!"



"Quem é picado pelo mosquito do trem adquiri uma doença sem cura"

..."é monótono e desinteressante depararmos hoje por toda parte com nomes diferentes MRS, FCA, ALL, e e outros que não conseguimos identificar como nomes de ferrovias considerando que elas são partes de politicas neo liberais não a nada errado com elas triste mesmo é a memória perdida"...


sábado, 1 de outubro de 2011

ALMANAQUE GERAL FERROVIÁRIO "ELEVAÇÃO DA VIA FÉRREA MUDA PAISAGEM EM MANGUINHOS R.J - Supervia ramal Saracuruna"

        
Obra irá permitir a integração entre os dois lados de Manguinhos, separados pela linha do trem
Uma grande centopéia de concreto margeando a linha do trem. Assim os moradores estão chamando o projeto de elevação da via férrea, num trajeto de três quilômetros, em Manguinhos, que se integrará ao Parque Metropolitano, um espaço com ciclovia, quiosques e esporte.                                           
 O projeto, que faz parte do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) de Manguinhos, está criando grande expectativa nos moradores, já que integrará os dois lados da comunidade, separados pela linha férrea.                   


O projeto segue em ritmo acelerado e deve ser entregue à comunidade até abril de 2012. Além do processo de elevação, está sendo construída uma estação intermodal, com três andares e escadas rolantes e elevador, para permitir o acesso de todos os moradores. Além do trem, haverá conexão com ônibus e transporte complementar, transformando a nova estação ferroviária em ponto convergência de todas as comunidades do entorno.


Um dos grandes avanços do projeto é a decisão de criar um binário de transportes com as ruas Uranos, seguindo em direção a Benfica, e Leopoldo Bulhões, no sentido Bonsucesso, melhorando o trânsito na região e devolvendo à Uranos a sua vocação de corredor de tráfego. A rua, que tem grande importância na área da Leopoldina, foi obstruída por várias casas há anos.

- A maior conquista dessa obra será a de integrar os dois lados da comunidade em uma grande área de lazer, que será referência não apenas para quem mora no local, mas para os moradores dos bairros do entorno. Vamos quebrar aquela idéia de cidade partida, unindo o bairro e melhorando a qualidade de vida dos moradores – frisou Luiz Fernando Pezão, vice-governador e secretário de Obras.

Dona Francisca, símbolo da transformação
Única mulher entre os 700 funcionários da construção civil que trabalham no canteiro da Leopoldo Bulhões, em Manguinhos, Francisca Maria do Nascimento, de 55 anos, é o principal exemplo de transformação por que passou a comunidade. Solteira, entrou para as obras do PAC nos primeiros dias, em 2008. Classificada como ajudante, pela falta de qualificação, foi se interessando pelo trabalho, sendo atualmente contratada como pedreira.

- Vim para o PAC quando começaram as obras de Manguinhos e fico muito feliz em ter sido aproveitada aqui, pois é perto de casa. Mas, tenho certeza, quando acabar essa obra aqui, vou continuar trabalhando na construção civil. Já estou até fazendo algumas obras em casa – afirmou Francisca Maria.

Ela comentou que muita gente não acreditava nas transformações por que passaria a comunidade quando surgiram as primeiras informações sobre o PAC Manguinhos. Com o passar do tempo e a evolução das obras, as pessoas começaram a acreditar e esperar mais melhorias. Francisca ressaltou que a escola e a biblioteca são fundamentais para dar mais oportunidades aos jovens, assim como o centro de qualificação é importante para que jovens e adultos possam ser direcionados ao mercado de trabalho.

- Sou feliz por morar aqui na comunidade e poder observar essas melhorias. Tem gente que ainda não consegue acreditar em tudo isso. Antes a gente só sabia dessas obras em bairros mais ricos. Agora é cuidar para que essas conquistas fiquem para as futuras gerações – concluiu a pedreira.


Manguinhos Ganha Nova Estação
Passageira comemora a nova estação de trens do ramal Saracuruna


Nova estação Manguinhos inspirada nas Ramblas de Barcelona (Espanha)
Reportagem completa
http://www.rj.gov.br/web/imprensa/exibeconteudo?article-id=600953


Está foto abaixo exclusiva de minhas lentes mostra a antiga estação Manguinhos antes da elevação da via férrea, tinha ido ao local em 13 de fevereiro de 2012 e postei todas no site AMANTES DA FERROVIA que perdeu todo meu trabalho, ver em 
http://amantesdaferrovia.com.br/photo/albums/fotos-da-minha-postagem-blog-esta-o-manguinhos-rj-ramal
ou
http://amantesdaferrovia.com.br/profiles/blog/show?id=4981239%3ABlogPost%3A409639&commentId=4981239%3AComment%3A412642&xg_source=activity


segunda-feira, 5 de setembro de 2011

ALMANAQUE GERAL FERROVIÁRIO "HOMENAGEM A UM HERÓI"


Helio Suêvo Rodriguez
 Engenheiro especialista em ferrovias, autor do livro "A Formação das Estradas de Ferro no Rio de Janeiro" traça um panorama dos trens de passageiros no Brasil.

ÚLTIMO TREM SAI DAS OFICINAS DO ENGENHO DE DENTRO


Com a construção do estadio de futebol para os jogos Pan-americanos de 2007 tudo iria ser destruído competente benfeitor o engenheiro Helio Suêvo Rodriguez e equipe conseguiram salvar grande parte do que jazia nas oficinas de locomoção e acervo do pátio do museu do trem do Engenho de Dentro devido a uma manobra heroica levando para a estação Leopoldina Barão de Mauá RJ, esta atitude,lhe rendeu uma injusta e indigna humilhação profissional sem precedentes de seus superiores, chegou a ser intimado a comparecer em audiência e inocentado em juizo.
Mas agiu como homem de caráter deve sempre agir: com a palavra que empenhou em nome da preservação ferroviária.
Meu agradecimento ao Amigo Carlos Latuff pelo vídeo de sua autoria.

terça-feira, 16 de agosto de 2011

ALMANAQUE GERAL FERROVIÁRIO "LOCOMOTIVA A VAPOR FURIOSA"

ARSENAL DE MARINHA DO RIO DE JANEIRO

TIRADAS COM MINHAS LENTES COM EXCLUSIVIDADE INÉDITAS DO VAGÃO GUINDASTE, ESTÁ RARIDADE ONDE POUCOS TEM ACESSO POR SE TRATAR DE UMA BASE MILITAR.

 "FURIOSA"
UMA RARA LOCOMOTIVA HOLANDESA
(Ducroo & Brauns) fabricada em 1923, numero de série 114, sem prefixo, bitola 0,60m, configuração 0-4-0T, hoje em exposição no Arsenal da Marinha, Ilhas das Cobras Rio de Janeiro Brasil..


NÃO PUDE CHEGAR MAIS PERTO POR SE TRATAR DE LOCAL RESTRITO MILITAR.
APROVEITEM E SABOREIEM AMIGOS A FOTO ABAIXO TAMBÉM TIRADA POR MINHAS LENTES 
ESTÁ "EXCLUSIVA" NA WEB SÓ EU TENHO.
 VAGÃO GUINDASTE QUE OPERAVA NO ARSENAL DE MARINHA DO RIO DE JANEIRO.
A LOCOMOTIVA HOLANDESA A VAPOR "FURIOSA" TEVE PAPEL IMPORTANTÍSSIMO DE TRABALHO LOGÍSTICO SERVINDO COM GRANDE EMPENHO DENTRO DO ARSENAL DE MARINHA DO RIO DE JANEIRO NA ÉPOCA DO RACIONAMENTO DE PETRÓLEO.

NA FOTO ACIMA DEMONSTRATIVA APANHADA EM MINHAS PESQUISAS PODE-SE VER PARTE DOS TRILHOS QUE AINDA EXISTEM DENTRO DE TODO ARSENAL DE MARINHA RJ.

domingo, 24 de julho de 2011

ALMANAQUE GERAL FERROVIARIO - ESTRADA DE FERRO MARICÁ (EFM).

Você sabia que existiu uma estrada de ferro no estado do Rio de Janeiro que ligava os municípios de Niterói e Cabo Frio.
FOTOS HISTÓRICAS ESTRADA DE FERRO MARICÁ. REGIÃO DOS LAGOS RJ PONTE FERROVIARIA SOBRE O RIO MATARUNA.
 ESTRADA DE FERRO MARICÁ. REGIÃO DOS LAGOS RJ - ESTAÇÃO ARARUAMA - LITORINA.
Obras de Getulio Vargas quantas saudades...
A ESTRADA DE FERRO MARICÁ foi, desde a sua inauguração, uma via de integração entre municípios e localidades, antes quase totalmente isolados dos grandes centros urbanos mais próximos: Niterói e Rio de Janeiro.
Durante décadas, foram escoados produtos importantes à economia daquelas localidades, através da EFM. Isso foi um incremento ao desenvolvimento econômico, social e cultural das regiões direta ou indiretamente cortadas pela linha.
Mesmo com o advento da rodovia, ainda seria viável a manutenção da linha férrea, com objetivos turísticos (como bem concluíram alguns prefeitos pós-EFM) – desde que houvesse vontade política para tal. Segundo Vasconcelos (1999), o lucrativo transporte de barrilha produzido na Cia. Álcalis de Cabo Frio pelas composições da Maricá, um pouco antes de sua extinção, por si só justificava a continuidade da linha. Entretanto, parece que a corrupção, aliada a interesses escusos, frustrou as legítimas expectativas de produtores rurais, moradores, políticos e outros, pela continuidade da EFM. Quem conheceu este "caminho de ferro" invariavelmente fala dele com nostalgia e saudade.

AGRADECIMENTO
Meus sinceros agradecimentos ao engenheiro Hélio Suevo, funcionário da FLUMITRENS, e ao pesquisador ferroviário José Alves de Vasconcelos, pelo fornecimento da maior parte das informações aqui contidas e Fotos de Carlos Latuff

quarta-feira, 20 de julho de 2011

ALMANAQUE GERAL FERROVIÁRIO "BASE AÉREA DOS AFONSOS"

 Estrada de ferro que no passado era usada por militares para se chegar na mesma.
O quadro ilustrativo feito de azulejos hoje pregado na parede do Hangar, do monumento da estrada de ferro da escola de Aeronautica no Campo dos Afonsos III Comar Rio De Janeiro Brasil.

Meu agradecimento ao comandante da Base Aérea dos Afonsos Coronel Aviador Cleber por permitir tirar fotos deste registro inédito na Web e em primeira mão aqui no Clube Amantes da Ferrovia.
Ver mais fotos sobre esta reportagem inédita na WEB e de minha autoria click no link abaixo
https://www.facebook.com/luizfelipe.lopesdias/media_set?set=a.556427194443236.1073741831.100002278828310&type=3

segunda-feira, 27 de junho de 2011

ALMANAQUE GERAL FERROVIÁRIO "15/06/2011 MAÇARICOS EM PRAIA FORMOSA RJ"

 
FOTO AEREA DE Carlos Latuff OBRIGADO AMIGO!

Patrimônio gigantesco construido sobretudo por você (como profissional ou contribuinte não importa) seus pais, seus avós e antepassados hoje relegado em Praia Formosa e dar inveja aos filmes de terror.
Acima e ao fundo a esquerda a locomotiva 503 Dondoca  com prefixo 1103 fabricada em Bicas MG, está foi a ultima vez que fiz registro da mesma, ver mais sobre ela no Blog do amigo Carlos Latuff
http://ferroviasdobrasil.blogspot.com.br/2010/03/urgente-locomotiva-historica-no.html

RESQUÍCIOS SR 8° RFFSA PATIO FERROVIÁRIO DE PRAIA FORMOSA - AGRADECIMENTOS A COMPANHIA VALE DO RIO DOCE E SUA SUBSIDIARIA FERROVIA CENTRO ATLÂNTICA PELO ABANDONO DE TODO MATERIAL FERROVIÁRIO QUE FORAM TRAZIDOS PARA CÁ. FOTOS MINHAS LENTES.
 RIO DE JANEIRO BRASIL.
ABAIXO LINK COM ÁLBUM COMPLETO DE FOTOS
https://www.facebook.com/luizfelipe.lopesdias/media_set?set=a.713584568727497.1073741940.100002278828310&type=3

domingo, 19 de junho de 2011

ALMANAQUE GERAL FERROVIÁRIO "Estado do Rio de Janeiro & Super Via adquirem novos trens"

Changchun, China - A partir de dezembro, quando o primeiro trem da nova frota começa a circular no Rio, os usuários da SuperVia terão os passos monitorados dentro e fora dos vagões. Cada composição terá quatro câmeras, cujas imagens serão observadas no Centro de Controle ao longo da viagem. A novidade foi anunciada ontem, na entrega do primeiro dos 34 trens comprados pelo governo do estado, na cidade de Changchun, na China.
O evento, realizado na fábrica da empresa chinesa CNR Changchun Railway Vehicles, contou com a presença do secretário estadual de Transportes, Júlio Lopes, do novo presidente da SuperVia, Carlos José Cunha, e de dezenas de operários que participaram da montagem.
“Vamos saber cada detalhe do que se passa dentro da composição em tempo real. Saberemos com exatidão o que acontece em casos de acidente”, comemorou Cunha. “Claro que vai haver uma sensação de segurança maior”, observou o secretário.
O trem apresentado ontem embarca para o Brasil em agosto e deve chegar 45 dias depois ao Porto do Rio. Aqui ficará em testes por um mês. A partir de setembro, quatro novos trens serão enviados por mês. Em março de 2012, todos já estarão no Rio.
Cunha anunciou ainda que, até o fim do ano, a SuperVia vai instalar outras 300 câmeras, já adquiridas, em mais estações. Hoje, só seis têm suas plataformas monitoradas: Central do Brasil, Madureira, Engenho de Dentro, Campo Grande, Méier e Cascadura. Com os novos equipamentos, a Central do Brasil ganhará mais 80 câmeras, subindo de 31 para 111. As outras plataformas contempladas serão Deodoro, com 37, Santa Cruz e Saracuruna, com 38 câmeras cada, Nova Iguaçu, com 16, e Japeri, com 42 equipamentos.
http://www.rj.gov.br/web/imprensa/exibeconteudo?article-id=1834607

domingo, 29 de maio de 2011

domingo, 8 de maio de 2011

ALMANAQUE GERAL FERROVIÁRIO "ESTRADA DE FERRO CORCOVADO"

O Trem do Corcovado é uma linha férrea localizada na cidade do Rio de Janeiro. A linha começa em Cosme Velho e segue até o cume do Corcovado, a uma altitude de 710m. O cume é famoso pela estátua do Cristo Redentor e pela vistá aérea de várias praias do Rio de Janeiro.


 A linha possui 3,8km de extensão e utiliza um sistema de tração elétrico. A linha foi inaugurada pelo imperador Dom Pedro II em 9 de Outubro de 1884. Inicialmente utilizava tração a vapor, sendo que o sistema de tração elétrico foi instalado em 1910, se tornando pioneiro no Brasil. Em 1980 a linha foi modernizada com a compra de trens da empresa SLM, sediada na cidade de Winterthur, Suíça.


A linha férrea do Corcovado é uma das poucas que ainda utilizam um sistema elétrico trifásico, possuindo, assim, dois cabos aéreos.


A linha possui 4 trens, cada qual com dois vagões. O trajeto é completado em cerca de 20 minutos, sendo que um trem parte a cada meia hora, o que dá ao sistema uma capacidade de transporte de 360 passageiros por hora. Devido à capacidade limitada, o acesso à estação pode levar horas. A estação funciona das 8:30h às 18:30h.


Ao longo de seus anos, o Trem do Corcovado já recebeu vários passageiros ilustres, como o Papa Pio XII, Papa João Paulo II, Alberto Santos Dumont, Albert Einstein e Princesa Diana.



Estação cosme velho estação inicial



Chegada ao topo da montanha estatua Cristo Redentor

Fotos minhas lentes:

terça-feira, 19 de abril de 2011

ALMANAQUE GERAL FERROVIÁRIO "França barra trens italianos com imigrantes"


Alguns dos 30 tunisianos imigrantes, presos em um centro de recepção de Lampedusa, protestam contra a repatriação no aeroporto da ilha

Autoridades francesas barraram neste domingo (17) trens vindos da Itália, em uma tentativa de impedir que imigrantes do norte da África entrem no país.
Os trens, onde também havia ativistas, foram barrados na fronteira, fazendo com que a Itália divulgasse uma reclamação oficial ao país vizinho.
A França vem criticando o governo italiano por estar concedendo vistos de residência temporária a milhares de imigrantes tunisianos.
Isso porque o documento permite que eles viagem livremente até a França e outros países europeus.
O ministério das Relações Exteriores italiano afirmou que a atitude francesa em barrar os imigrantes era "ilegítima e claramente uma violação dos princípios gerais europeus".
O porta-voz da operadora da malha ferroviária italiana, Maurizio Fúria, disse que os trens foram proibidos de entrar em Menton (sudoeste francês), após deixarem a estação italiana Ventimiglia, do outro lado da fronteira.
A França afirma que os imigrantes têm de provar que podem de sustentar financeiramente.
Documentos
No entanto, o ministro do Interior italiano, Roberto Maroni, disse que os franceses estão violando as normas do bloco.
- Fornecemos aos imigrantes os documentos de viagem e todos os outros necessários. A Comissão Europeia reconhece essas medidas e já afirmou que nosso país está seguindo a legislação de Schegen.
Maroni se refere ao acordo que permite a livre circulação de pessoas entre a grande maioria dos países da União Europeia.
Vem crescendo na Itália e em outros países europeus a preocupação com a imigração ilegal do norte da África, após a crise política que toma conta da região.
No início do mês, os governos de Paris e Roma concordaram em fazer um patrulhamento conjunto das fronteiras marítimas e terrestres, para tentar barrar o fluxo de milhares de pessoas vindas da Tunísia, Egito e Líbia.

http://internacional.estadao.com.br/noticias/geral,franca-barra-trens-italianos-com-imigrantes,707537

sexta-feira, 15 de abril de 2011

ALMANAQUE GERAL FERROVIÁRIO "TÚNEL FERROVIÁRIO POR BAIXO DO MORRO DA PROVIDENCIA"




FOTOS INÉDITAS MINHAS LENTES
Nunca ninguém foi neste lugar registrar, devido ao lugar ser muito perigoso na época, infelizmente as originais confiei no site ferroviário que perdeu todo meu trabalho.
https://www.facebook.com/luizfelipe.lopesdias/media_set?set=a.715671345185486.1073741955.100002278828310&type=3&pnref=story