"O TRABALHO DIGNIFICA O HOMEM"

http://httpwwwluizfelipelopesdiascombr.blogspot.com/

domingo, 11 de dezembro de 2016

ALMANAQUE GERAL FERROVIARIO PAMPEIRO OU MINUANO - TRENS DE PASSAGEIROS JÁ TIVEMOS

 Minuano, sinônimo de Luxo e rapidez da época, foi nomeado após um vento muito frio típico desta região sul do Brasil. Doze unidades de trens foram construídas por M.A.N entre 1952 e 1956. Cada trem unidade possui três carros; dois deles foram automóveis de passageiros, cada um com motor diesel de 400 HP M8V homem com transmissão hidráulica, que lhes permitia ter uma velocidade máxima de 100 km/h. O Minuano tinha 118 assentos e foi equipado com um bar e ar condicionado, na foto a cima  Um colorphoto muito raro do Minuano, comboio de três carros diesel-hidráulicas, tomado no seu fabricante na Alemanha. Note a neve no chão... Esse trem ainda não aparece o símbolo "VF" no seu nariz. A cópia desta foto, tirada de um catálogo M.A.N cortesia Cid José Beraldo, de São Paulo, SP.

Um anúncio do Viação Férrea Rio-Grandense Sul sobre o trem de passageiro Minuano regularmente publicado na Revista o Ferroviária durante o início dos anos sessenta. Desenho gentilmente enviado por Hermes Yoiti Hinuy, de São Paulo, SP.

Um anúncio de M.A.N sobre o carro diesel-hidráulica de três Minuano trem de passageiro que construído na Alemanha Ocidental. Doze unidades deste trem foram compradas pela V.F.R.G.S. de M.A.N através da IRFA empresa brasileira - Indústrias Reunidas de Ferro e Aço (ferro e aço United Industries). A foto mostra uma unidade Minuano sobre a ponte do rio Caí. Este anúncio foi publicado no suplemento da Revista Ferroviária de 1955: Estradas de Ferro do Brasil

Um fragmento mostrando o sistema motor e propulsão do Minuano, comboio de três carros diesel-hidráulicas, construído por M.A.N na Alemanha. A cópia desta foto, tirada de um catálogo de M.A.N, é um tipo cortesia Cid José Beraldo, de São Paulo-SP.

Lay-out da Minuano, comboio de três carros diesel-hidráulicas, construído por M.A.N na Alemanha. A cópia desta foto, tirada de um catálogo de M.A.N.
 cortesia Cid José Beraldo, de São Paulo-SP.

A fotografia de Nelson Giacomoni , do ano de 1966, mostra o cruzamento do Expresso Minuano passando por Forqueta/ Caxias do Sul RS. (Foto gentilmente cedida por Gabriel Zuccoloto Ramos)

Uma das únicas passagens do trem Minuano, sobre a ponte do rio Pelotas, divisa RS/SC. Tronco Sul, década de 70
(acervo Roque Coser "OBRIGADO AMIGO")
https://www.facebook.com/MemoriasFerroviariaVfrgs/photos/a.607329102612988.1073741829.607307572615141/678336098845621/?type=3&theater

O Trem Minuano. vermelho, dotados de poltronas-leito e inteiramente construídos nas Oficinas de Santa Maria. É tracionado por locomotiva diesel e leva, ainda, carro-dormitório e carro restaurante, com todos os requisitos para a prestação de um bom serviço. Faz o percurso de Porto Alegre a São Borja diariamente. Quanto ao Minuano, ele trafega nos trechos de longa distância, de Porto Alegre a Uruguaiana, a Livramento e a Santa Rosa. As viagens são noturnas, partindo, diariamente, à tarde (19 horas) e chegando ao destino no dia seguinte pela manhã, às 8 horas (nota: em Uruguaiana? Note que no texto ele cita também finais em Livramento e em Santa Rosa).

A estação de Nascente RS, Município de Pedras Altas. foi inaugurada em 1884. Com a entrega da variante de Pedras Altas, em abril de 1968, a estação ficou fora da nova linha. Hoje está ainda de pé e é usado como residência. 
A estação, provavelmente anos 1950, quando a automotriz MAN (Minuano) ainda passava por ali.


Esta foto, tirada da Revista Ferroviária, mostra este trem durante uma viagem experimental entre Vacaria e Lages, em 1968. Eles foram retirados do serviço em 1981.

OBRIGADO A TODOS QUE CONTRIBUÍRAM PARA ESTÁ PESQUISA COM FOTOS E TEXTOS
"DIVULGAR ESTE LEGADO É PRECISO"

http://httpwwwluizfelipelopesdiascombr.blogspot.com.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário